Categorias
Dicas

6 erros que podem estar afastando os clientes do seu site

Cerca de 74% dos consumidores fazem pesquisas online no seu site antes de realizar uma compra ou contratar um serviço, segundo dados da TNS.

É indiscutível que ter um site é essencial para que uma empresa ou profissional liberal ganhe mais visibilidade na internet e, assim, conquiste um maior número de clientes.

Porém, existem algumas dicas que precisam ser levadas em consideração na hora da criação e gestão da página, tanto para transmitir confiança e credibilidade ao negócio, como para proporcionar uma boa experiência ao usuário, fazendo com que ele continue em seu site.

Erro 1: Não atualizar o site com frequência

É muito importante manter seu site sempre atualizado, com informações relevantes de mercado, lançamentos, promoções e, principalmente, últimos trabalhos realizados. Um site atualizado transmite mais credibilidade ao negócio, além de impulsionar o posicionamento do site em mecanismos de buscas, como o Google por exemplo.

Com a plataforma de criação de sites do F15D por exemplo, é possível gerenciar o conteúdo sozinho, sem a necessidade de um programador ou designer. Além disso, as alterações podem ser feitas tanto por desktop quanto pelo celular, o que facilita a atualização.

Erro 2: Não se preocupar com o layout

O site é o cartão de visitas da empresa ou profissional. Por isso, é importante que o layout passe confiança ao usuário. Tenha o cuidado com a curadoria das informações, como imagens, vídeos e textos. Além disso, tenha em mãos seu logotipo para que a identidade seja desenhada de forma única em seu site.

Erro 3: Imagens ruins ou sem resolução

As imagens também possuem papel importante no desenvolvimento de sites, principalmente para profissionais criativos como fotógrafos, designers, decoradores e arquitetos, por exemplo. Por isso, é essencial preocupar-se com resolução e dimensão das fotos utilizadas.

Confira nosso post com 10 Dicas para fotografar melhor com smartphone

Crie sua loja virtual na Nuvem Shop
Crie sua loja virtual

Erro 4: Navegabilidade ruim

Páginas que demoram muito a carregar podem fazer com que o visitante desista do acesso, 40% dos internautas abandonam sites que levam mais de 3 segundos para carregar, de acordo com pesquisa da Kissmetrics.

Por isso, pensar na navegabilidade e na velocidade de carregamento é essencial para manter as pessoas na página.

Erro 5: Design não-responsivo

Atualmente, de acordo com dados da FGV, o Brasil possui 280 milhões de dispositivos móveis (celulares e tabletes) conectáveis à internet. Nos sites criados na F15D, cerca de 70% dos acessos são de navegações mobile.

Por isso, ao programar um site, também é necessário pensar na usabilidade em todos os dispositivos,desktop, smartphones e tablets.

Não ter um site responsivo faz com que a página fique desconfigurada na tela, prejudicando a experiência do usuário e podendo até afastá-lo da sua página.

Erro 6: Não fornecer seus contatos no site

Ao criar uma página na internet, é necessário também fornecer ao usuário uma forma de entrar em contato com você, para tirar dúvidas, fazer sugestões e, principalmente, adquirir o serviço que você oferece.

Coloque um formulário de contato e/ou informações como e-mail e telefone, de preferência em uma área de fácil acesso do site. Se o internauta tiver que procurar muito para adquirir esses dados, ele pode perder o interesse.

Deixe seu site mais seguro de acordo com as regras do Google, com o certificado de segurança SSL. Inclua o HTTPS no seu site. 

Categorias
Dicas

Dicas para melhorar seu site e aumentar as chances de negócio

Google Imagens

Especialista lembra que detalhes simples podem mudar a experiência do usuário em uma página na web

Não importa o tamanho da empresa, todas devem – pelo menos em tese – ter o mesmo objetivo: atender bem seus clientes. Mas poucas companhias de pequeno e médio portes se dão conta da importância que os sites têm para isso. O que é um erro, na visão da especialista em desenvolvimento web Kelli Shaver.

Em artigo no Mashable, Kelli dá cinco dicas para que as empresas melhorem o potencial de seus negócios, por meio de seus sites.

Dicas para melhorar seu site

Dica 1: Tenha uma versão móvel

A especialista lembra que, com a disseminação do uso de dispositivos móveis, é fundamental pensar que os usuários vão querer acessar um site pelo smartphone, celular ou tablet.

“Se você não puder criar uma versão separada de seu site para usuários móveis, então pelo menos converse com um desenvolvedor e se assegure de que ele consiga fazer com que a página na web funcione e esteja legível quando acessada por dispositivos móveis”, ressalta Kelli.

Dica 2: Ofereça informações complementares

A especialista lembra que, invariavelmente, os usuários querem obter o máximo de informações em um site. “Mesmo quando eles visitam a página para fazer uma compra, antes eles vão pesquisar opções e detalhes do que estão comprando”, explica a especialista, que completa: “Considere tornar mais fácil o acesso a informações que complementem o conteúdo principal do seu site.”

Algumas coisas que podem ser incluídas são manuais de produtos, informações sobre garantia, detalhes de contato, exemplos de uso, entre outros. Segundo ela, isso demonstra que a empresa está preocupada com o usuário e, ao mesmo tempo, transforma a página em uma fonte de informações para os potenciais clientes, que tendem a voltar mais vezes.

Dica 3: Use AJAX para tarefas simples

Implementar funcionalidades AJAX – usando JavaScript para dividir os conteúdos em pedaços, sem a necessidade de baixar todo o site – pode tornar a experiência do usuário na hora de navegar na página online mais agradável.

“AJAX pode tornar a recuperação e a busca de informações mais rápida e intuitiva. Pode ainda criar uma experiência mais transparente para o usuário”, defende Kelli. Ela aconselha, no entanto, que deve-se tomar cuidado, uma vez que o uso excessivo do JavaScript pode derrubar algumas coisas do site e tornar as interações confusas, causando mais problemas do que coisas boas.

A especialista lembra que só um bom desenvolvedor terá condições de conseguir um balanço ideal de uso do AJAX.

Dica 4: Torne simples a busca por ajuda

Kelli destaca que, às vezes, não interessa quantas informações ou detalhes sobre produtos ou serviços a empresa forneça, isso pode não ser suficiente para quem está navegando no site. Assim, é ideal facilitar o acesso às respostas a perguntas mais frequentes e colocar, em um lugar bem visível, as informações de contato com a empresa.

Para a especialista, os bons sites são aqueles que oferecem informações de contato em todas as páginas com o e-mail na parte debaixo e o telefone no topo.

Dica 5: Mantenha a página simples e organizada

Como dica final, Kelli aconselha que se você está construindo ou mudando seu site, uma regra de ouro é olhar o design da página escolhida e se perguntar o que pode ser removido para tornar o site mais fácil para o usuário. “Poderia ser um bloco inteiro de texto ou a cor usada no fundo ou nas bordas”, exemplifica. “Continue revisando cada detalhe para garantir que o website seja limpo, bem organizado e simples para navegar”, conclui.

#FicaAdica 🙂 [com informações do blogOD]

Categorias
Internet

Os 10 principais fatores influenciadores da credibilidade de um site

A universidade de Stanford tem um grupo de estudos especializado em credibilidade na web. Eles desenvolveram uma lista dos 10 itens que mais influenciam a credibilidade de um site, o que é muito importante para o bom desempenho de qualquer coisa na internet.

Veja o que seu site precisa respeitar para ser respeitado na internet:

1 – Facilite a verificação das informações do seu site

Se as informações do seu site são confiáveis, não tem por quê esconder as fontes. Disponibilize o link de onde você tirou a informação; cite nomes e referências .

2 – Mostre que existe uma instituição organizada por trás do projeto

Transfira a autoridade de organizações respeitadas para o conteúdo. Funciona como um “Page Rank Cognitivo”. Exiba logomarcas, números de registros, entre outras informações oficiais que demonstrem que seu site tem bala na agulha.

3 – Realce a experiência da organização nos serviços que oferece e nos conteúdos que disponibiliza

Você tem um conteúdo de qualidade? Os profissionais da sua empresa são os melhores do mercado? Exponha e explore isso de maneira objetiva. Diga também a quanto tempo sua empresa está no mercado, exiba cases de sucesso, depoimentos de parceiros, clientes, etc.

4 – Mostre as pessoas honestas e confiáveis por trás do projeto

Exiba nomes. Forneça contatos pessoais na medida do possível. Se o usuário tem acesso fácil a quem está envolvido com o desenvolvimento de um site ele pode esclarecer suas desconfianças pessoalmente.

5 – Facilite o contato

Quem não deve não teme. Os usuários se sentem seguros ao saber que podem fazer contato com o site rapidamente e por diferentes caminhos. Não esqueça de sempre responder os contatos.

6 – O design do seu site deve parecer profissional (ou apropriado para sua finalidade)

Aí está um dos fatores que atestam a importância da beleza do layout na usabilidade. Ninguém confia em um site feio ou com aparência amadora.

7 – Faça seu site fácil de utilizar, e útil

Problemas de usabilidade também evocam amadorismo, além de irritar o usuário, prejudicando as conversões. Sites que não servem pra nada, então, não é preciso nem comentar.

8 – Atualize seu site freqüentemente (ou pelo menos mostre que foi revisado recentemente)

Uma das coisas mais legais da internet é o dinamismo. Mesmo se um site tem conteúdo estático (página institucional, por exemplo), ninguém vai confiar muito se a última atualização foi no tempo dos dinossauros.

9 – Seja moderado com conteúdos promocionais (anúncios e ofertas)

Quando a esmola é demais, o santo desconfia. Mas além da desconfiança comercial (produtos baratos demais, por exemplo), se mais de 70% da área do site é tomada por banners e links patrocinados, é porque o conteúdo é duvidoso ou não deve ser muito importante.

10 – Evite todo o tipo de erro, por menor que seja.

Bugs também são fortes indícios de amadorismo e de deficiências no projeto. É melhor uma funcionalidade que não existe do que uma que não funciona.

Como você pode ver ter um website exige cuidado e é pra isso que estamos aqui. Se você tem um site e precisa de ajuda para adequar ele ao seu público, não deixe de entrar em contato conosco 😉

Aqui você pode conferir o texto original.

#ficaAdica 🙂