Início » Google lança Chrome 17 com mais ferramentas de segurança e velocidade

Google lança Chrome 17 com mais ferramentas de segurança e velocidade

Chrome 17
Google lança Chrome 17

Chrome 17 vai verificar arquivos suspeitos de malwares e acessar páginas da internet com ainda mais velocidade.

Enquanto a Microsoft prepara o lançamento da versão final do Internet Explorer 10, o Google tem investido pesado no próprio navegador, o Chrome.

Tanto que, mal lançou o modelo 16 do browser há poucos meses, e acaba de divulgar o Google Chrome 17.

A 17ª edição do navegador foi liberada oficialmente na última quarta-feira (08/02) para dispositivos com Android e computadores com sistema operacional Windows, Mac e Linux.

Ele traz ótimas novidades, mais segurança e agilidade na navegação e download de arquivos.

O que foi corrigido

Além das correções de bugs, melhorias e estabilidade, o Chrome 17 está ainda mais veloz para carregar as páginas da web através de um mecanismo de busca avançado capaz de renderizar os sites antes mesmo que o usuário termine de digitar os links que deseja acessar.

Isso significa que, ao digitar uma URL na “omnibox” – a barra de endereços do browser -, o Chrome pré-renderiza a possível página a ser aberta. Ao teclar “Enter”, o site, então, é exibido instantaneamente.

O recurso também funciona em pesquisas do Google, onde os resultados mais relevantes são pré-carregados automaticamente.

“O Chrome compreende os sites que você costuma visitar. Dessa forma, quando você começa a escrever a URL na barra de navegação, a digitação se autocompleta, fazendo com que a página apareça mais rapidamente – ou às vezes instantaneamente – assim que a tecla Enter é digitada”, explicou Noé Lutz, engenheiro de software e vigilante de malware do Google.

Segurança do Chrome 17

Falando em malware, a segurança foi um item mais aprimorado no Chrome 17. Além de checar uma lista dos arquivos já considerados perigosos no momento do download, a partir de agora ele faz a verificação de dados executáveis (arquivos como *.exe e *msi).

Se o arquivo transferido não estiver em uma lista de aplicativos seguros, o Chrome faz uma busca no Google para obter mais informações – se o servidor é conhecido por hospedar malwares, por exemplo – e determinar se aquele executável é seguro ou potencialmente perigoso.

Se a resposta for positiva, o navegador vai exibir um alerta para que ele seja descartado.

Como ter o novo Chrome 17

Se você já possui o Chrome instalado, é só aguardar a atualização automática, ou forçá-la com a instalação da nova versão. Faça o download do Chrome 17 clicando aqui.

Fonte: OlharDigital

PUBLICIDADE

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Afraneo Galan

Afraneo Galan

Fundador da Lemonblue, atua com internet e marketing digital há mais de 15 anos. Formado em Comunicação Digital, já trabalhou com grandes clientes e portais de conteúdo como G1, Globo.com, Claro, MTV e Oi FM.
PUBLICIDADE

Buscar notícia

PUBLICIDADE