Início » Google vai oferecer R$ 1,7 milhões em prêmios para quem apontar bugs no Chrome

Google vai oferecer R$ 1,7 milhões em prêmios para quem apontar bugs no Chrome

Google vai oferecer R$ 1,7 milhões em prêmios para quem apontar bugs no Chrome

Empresa fará concurso em evento de segurança para premiar hackers que identifiquem falhas e erros em seu navegador.

Uma das maiores feiras de segurança do mundo, a CanSecWest, está agendada para os dias 7, 8 e 9 de março na cidade de Vancouver (Canadá). O evento reúne o que há de melhor quando o assunto é proteger programas, aplicativos e outros dispositivos associados a computadores, smartphones, tablets e inúmeras plataformas.

E, para valorizar a sua presença no evento, o Google anunciou no The Chromium Blog que vai oferecer um programa de recompensas de US$ 1 milhão de dólares (cerca de R$ 1,7 milhões de reais) para aqueles que conseguirem hackear o navegador Chrome durante a feira de segurança.

Segundo a companhia, o objetivo é aprender cada vez mais com os hackers, entender melhor suas técnicas de exploração e descobrir os erros apontados por eles. Assim, eles conseguem estudar a vulnerabilidade dos sistemas e melhorar as mitigações, pesquisas automatizadas e, principalmente, a área de segurança.

O milhão será dividido em vários prêmios de US$ 60 mil, US$ 40 mil e US$ 20 mil, dependendo de quanto os usuários conseguem invadir o browser em máquinas com Windows 7 e apontar erros, bugs e qualquer outra falha no Chrome. Contudo, a boa notícia é que todos os vencedores receberão um Chromebook, independente dos valores em dinheiro.

Vale lembrar que no Pwn2Own do ano passado – um concurso realizado dentro da CanSecWest para identificar falhas e bugs nos navegadores da web – , o Internet Explorer e o Safari (Microsoft e Apple, respectivamente) foram derrubados por hackers que participaram do evento, mas ninguém tentou invadir o Chrome – mesmo que o Google tenha oferecido US$ 20 mil e US$ 15 mil como recompensa.

O Chrome é, hoje, o único navegador que ainda não foi hackeado no concurso Pwn2Own, pois, de acordo com os programadores, não é nada fácil contornar o sandbox do Google. O sandbox é um mecanismo de segurança que cria um espaço virtual no qual todas as alterações e arquivos, configurações e downloads efetuados são interceptados e, após reiniciar o computador, são apagados do disco.

Via OlharDigital

PUBLICIDADE

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Afraneo Galan

Afraneo Galan

Fundador da Lemonblue, atua com internet e marketing digital há mais de 15 anos. Formado em Comunicação Digital, já trabalhou com grandes clientes e portais de conteúdo como G1, Globo.com, Claro, MTV e Oi FM.
PUBLICIDADE

Buscar notícia

PUBLICIDADE