Categorias
Notícias

App Store da Apple fatura 93% mais que Play Store do Google

Desde o seu lançamento a App Store, loja de aplicativos da Apple, sempre esteve a frente da Play Store do Google

Segundo um relatório da Sensor Tower, a App Store emplacou um faturamento 93% maior que a loja do Google, dos U$18,2 bilhões em vendas, U$12 bilhões foram para a loja da Apple contra U$6,2 bilhões para a Play Store.

Confira os gráficos do relatório:

Gráfico de faturamento da App Store e Play Store
Principais aplicativos que não são jogos, em receita e em downloads

Confira mais sobre a Apple

Categorias
Apple

Apple quer que o iWatch preveja ataques cardíacos

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

Se os rumores se confirmarem, o iWatch, o suposto acessório de pulso da Apple, será um aparelho excelente para cuidar da saúde. A última especulação é que a empresa trabalha em uma forma de permitir que o gadget preveja se o usuário está prestes a sofrer um ataque cardíaco.

Caso o recurso realmente esteja presente no aparelho, o usuário seria capaz de ingerir uma aspirina ou então acionar a emergência para receber atendimento, possivelmente evitando uma fatalidade.

A especulação partiu de um artigo dos jornalistas Thomas lee e David R. Baker, do San Francisco Chronicle. A publicação cita que foi contratado um engenheiro de áudio renomado, chamado Tomlison Holman.

Na empresa, ele será responsável por criar software e hardware que permitiram que um relógio no seu pulso escutasse seu fluxo sanguíneo e alertasse quando ocorresse uma “turbulência”, o que indicaria a possibilidade de um ataque cardíaco estar se aproximando.

Vale lembrar que todas as funcionalidades do iWatch e até o próprio dispositivo ainda estão em fase de pura especulação. O que não é rumor, no entanto, é que a Apple realmente está contratando especialistas em saúde e dispositivos médicos.

Via Olhar Digital

Categorias
Tecnologia

Apple trabalha em tecnologia capaz de analisar sangue dos usuários

Não é só o Google que tenta entrar na área da tecnologia vestível para monitoramento da saúde, com suas lentes de contato inteligentes. Uma rival de peso também estaria prestes a concorrer nesta área e o nome desta empresa é Apple, que está contratando especialistas em tecnologia médica para supostamente aplicar seus conhecimentos no tão especulado “iWatch”, o relógio de pulso inteligente.

Para avançar neste campo, foram contratados Nancy Dougherty, de uma startup chamada Sano Intelligente, e Ravi Narasimhan, de uma empresa chamada Vital Connect, que produz dispositivos médicos.

Nancy Dougherty era responsável por um produto ainda não lançado em sua antiga empregadora, capaz de analisar o sangue do seu usuário, sem precisar espetar uma agulha. Trata-se de uma espécie de adesivo áspero, que lê os níveis de glicose nos vasos sangúineos e pode ser muito útil para pessoas com diabetes que não pretendem furar seu dedo múltiplas vezes ao dia.

Comparando com a proposta do Google de implantar uma tecnologia semelhante no olho do usuário com a lente de contato inteligente, a Apple deve sair na frente. Isso porque provavelmente a implantação de um hardware no olho de uma pessoa deve requerer muitas regulamentações, o que não deve sair rápido.

Já Narasimhan gerenciava equipes que desenvolviam biosensores, capazes de contar o número de passos do usuário, medir temperatura da pele e taxa de respiração e seria capaz de detectar quedas. A tecnologia seria útil para alertar familiares de pessoas idosas e também chamar ambulância automaticamente em caso de emergência.

Via Olhar Digital

Categorias
Apple

Apple abrirá sua 1ª loja no Brasil no Rio de Janeiro

A Apple publicou em seu site, a oferta de uma série de vagas que confirmam os planos da empresa em abrir uma loja própria de varejo no Brasil.

Imagem Divulgação

Desde 2010, a Apple mantém revendas no país associada a varejistas como Fnac, A2You e Extra, chamados de “premium resellers”. Segundo o anúncio, a companhia busca agora gerentes, encarregados e vendedores para uma unidade da empresa na cidade do Rio de Janeiro.

As vagas incluem ainda cargos como “Líder Corporativo”, “Gerente de Negócios”, “Especialista em Negócios” e “Líder de loja”. O comunicado não deixa claro o número de vagas por cargo anunciado.

Na descrição das funções de um gerente, por exemplo, aparece o seguinte texto: “você montará e inspirará equipes de alto desempenho com pessoas únicas, que ofereçam experiências positivas para os clientes que aprendem, compram e buscam ajuda”. Ao clicar no anúncio para enviar um currículo, o candidato é informado que aquela função deverá ser exercida na cidade do Rio de Janeiro.

Ao longo dos últimos dois anos, a Apple aproximou-se com força do mercado brasileiro. Além de associar-se a “premium resellers”, a companhia estreou a venda de músicas e filmes no iTunes no país e trouxe para cidades como Jundiaí e Itu parte de sua linha de produção de iPhones e iPads, em unidades administradas pela Foxconn.

Apesar da forte expansão das vendas da Apple no mercado brasileiro, ainda não há uma Apple Store no país, como existem, por exemplo, em Nova York e San Francisco. Em todo o mundo, a empresa possui 394 unidades desse tipo de loja, espalhadas por 14 países, como Japão, Austrália, China, Canadá e Reino Unido.

A diferença entre uma loja administrada pela Apple e o varejo de revendedores está basicamente na arquitetura e na qualidade do atendimento. Em todas Apple Stores pelo mundo existem os “Genius Bar”, balcões onde técnicos da Apple tiram dúvidas dos usuários, apresentam acessórios e prestam assistência ao consumidor.

Além da Apple, a Amazon também está realizando processo de seleção no país.

Via: Info 

Categorias
Apple

Apple deve lançar serviço de rádio online no começo de 2013

Imagem Divulgação

Empresa negocia com grandes gravadoras para viabilizar o produto

A Apple parece querer mudar os rumos da indústria musical outra vez, agora investindo na criação de um serviço de rádio online.

De acordo com a Bloomberg, a companhia tem conversado com as grandes gravadoras para convencê-las a entrar no negócio. Assim como Steve Jobs fez há anos, antes de lançar a iTunes Store.

Executivos de Vivendi (Universal Music), Warner e Sony foram vistos na sede da Apple, na Califórnia, nas últimas semanas para ouvir mais sobre os planos.

As partes conversam para definir o modelo de distribuição da renda, que será obtida com venda de anúncios publicitários. Fontes a par da negociação disseram à agência financeira que a ideia é encerrar a negociação em novembro, assim o serviço estará disponível nos primeiros três meses de 2013.

A empresa da maçã pretende criar aplicativos para iPad, iPhone e iPod touch, não há intenção de atender pelos navegadores.

Via: Olhar Digital

Categorias
Apple

Apple diz que qualidade do iPad mini justifica preço acima do esperado

Vice-presidente de marketing da empresa vê o seu tablet com qualidade acima dos concorrentes

qualidade do iPad mini
Imagem Divulgação

A Apple se justificou nesta quinta-feira, 25, pelo preço de US$ 329 pelo iPad mini. O vice-presidente sênior da empresa, Phil Schiller, acredita que a qualidade do Ipad Mini é superior, não encontrada nos tablets das empresas rivais.

“O iPad é o produto mais bem sucedido de sua categoria. O lançamento mais barato que fizemos tinha o preço de US$ 399 e as pessoas preferiam comprá-lo em vez da concorrência. Com o preço de US$ 329 e em nova forma, acredito que os consumidores ficarão empolgados em adquiri-lo”, declarou Schiller.

Apesar da explicação, o preço não foi bem aceito pelos investidores da Apple. Ainda durante o evento de divulgação do iPad mini, as ações da empresa começaram a cair, fechando o dia com queda de cerca de 3%.

Durante a apresentação do produto, a Apple ressaltou este ponto ao comparar o iPad mini a outro tablet compacto, o Nexus 7 do Google, que tem preço de lançamento de US$ 199. O Kindle Fire HD também tem este preço.

 

Via: Olhar Digital

Categorias
Facebook

Facebook apresenta novo aplicativo de mensagens para iOS

Imagem Divulgação

Ao contrário do Android, versão Apple não dá acesso a SMS

Poucos dias após ter reformulado as mensagens em seu aplicativo para Android, o Facebook mexeu no do iOS. O Mensagens foi reformulado para também ganhar uma interface mais simples, como destaca o The Verge.

Assim como acontece no Android, agora dá para ver quem está disponível para conversar de qualquer lugar do app. Para isso, basta deslizar o dedo da direita para a esquerda e a lista de contatos aparecerá.

Mas o que talvez tenha sido a principal novidade para adeptos ao sistema do Google não será aproveitada por clientes da Apple. Em alguns aparelhos com Android, é possível juntar SMS e conversas da rede social em um único lugar, o que não será possível no iOS por conta de restrições da própria plataforma.

E o aplicativo só está disponível para iPhone e iPod touch; nada de iPad, por enquanto. Baixe aqui.

Via: Olhar Digital

Categorias
iPhone

iPhone 5 deve ser lançado em 21 de setembro

Imagem Divulgação

Rumores indicam que o próximo iPhone pode ser lançado no dia 21 de setembro.

Até agora, as especulações sobre o novo smartphone da Apple apontavam para uma estreia no mercado entre setembro e outubro.

A informação surgiu em sites especializados, como PhoneArena e App4Phone, citando fontes anônimas.

Para o site BGR, a data faz sentido. Ele salienta que a terceira sexta-feira de setembro vem logo após o fim do quarto trimestre fiscal da Apple, sendo bom momento para iniciar a venda de novos produtos.

Via: Info 

Categorias
iPhone

8 itens que faltam no iPhone

Imagem Divulgação

O iPhone chegou às lojas há cinco anos. Até hoje, o smartphone não conta com alguns recursos que outros aparelhos possuem.

Veja nesta galeria oito itens que fazem falta no smartphone da Apple.

Imagem Divulgação

NFC
A tecnologia de comunicação por proximidade não equipa o iPhone.

O NFC pode ser usado para fazer transações financeiras e trocar arquivos. No Museu de Londres, por exemplo, é possível acessar as apresentações em vídeo sobre as obras de arte.

No Japão, esta tecnologia permite interagir com campanhas publicitárias.

Concorrentes da Apple como a HTC, Nokia, Samsung e RIM comercializam aparelhos com NFC há meses.

Imagem Divulgação

Tela maior
O tamanho do ecrã de 3,5 polegadas é o mesmo desde a primeira versão do iPhone. O que mudou foi apenas a resolução.

Já a Samsung conta com a linha Galaxy com smartphones com tamanho de display de até 5,3 polegadas.

A HTC comercializa o aparelho Titan com tela de 4,7 polegadas e a LG possui um smartphone da linha Optimus com display de 4,3 polegadas e recurso 3D.

A mídia internacional comenta que o próximo modelo do iPhone pode trazer uma tela maior.

Imagem Divulgação

Compartilhar documentos por Bluetooth
Esta tecnologia de comunicação sem fio equipa o iPhone e permite conectar fones de ouvido e teclados.

Além disso, outros donos de iPhone podem usar aplicativos para compartilhar arquivos.

Porém, se a outra pessoa possui um aparelho de outra fabricante, a transmissão de documentos é uma tarefa praticamente impossível sem usar recursos de desbloqueio no iPhone.

Imagem Divulgação

Usar a capacidade de armazenamento como pendrive
Outros aparelhos, principalmente os modelos que rodam o sistema operacional Android, permitem guardar documentos no cartão de memória ou por meio da unidade de armazenamento interna.

O acesso ao conteúdo ocorre ao plugar o cabo USB em qualquer computador.

Este procedimento dispensa a instalação de programas e é bastante popular, assim como o uso do pendrive.

Já no iPhone, não há entrada para cartão de memória e somente é salvar documentos na memória interna com o uso de aplicativos que requerem conexão à internet ou outro aparelho com o mesmo app.

Imagem Divulgação

Conexão 4G
Até o momento, esta tecnologia de conexão em alta velocidade não equipa os aparelhos da Apple.

No Brasil, o leilão dos lotes desta rede ocorreu em junho de 2012.

O próximo passo das operadoras é a implementação da tecnologia 4G.

Imagem Divulgação

Personalizar o visual
O iOS, sistema operacional usado no iPhone, iPad e iPhone, não permite personalizar as cores do tema.

Não há nem mesmo algumas opções padronizadas. A alternativa é desbloquear o aparelho por meio do jailbreak, porém pode causar lentidão do aparelho e aumentar a vulnerabilidade do sistema.

Imagem Divulgação

Rádio FM
Os donos de iPhone podem acessar estações de rádio, mas é necessário instalar um app como o TuneIn Radio e contar com uma conexão à internet.

Este recurso fica indisponível ao viajar para regiões distantes sem cobertura de rede, mesmo com um plano de dados ativo e app de rádios instalado.

Imagem Divulgação

Receptor de TV
Outro recurso que falta no iPhone é a capacidade de sintonizar canais de TV.

Uma opção para resolver este problema é comprar um adaptador que capta os sinais.´

Há também aplicativos que reúnem as transmissões das emissoras pela internet.

Novamente, o aplicativo de TV não funcionará em regiões sem cobertura de rede.

Via: Info 

Categorias
Apple

Apple pode lançar novo iMac com Retina Display em outubro

Imagem Divulgação

Fontes afirmam que empresa dará início a uma produção em maça dos novos PCs já em julho

Depois de lançar o novo MacBook Pro com Retina Display, a Apple cogita anunciar outros produtos com a mesma tecnologia. É isso o que afirmam fontes ligadas à indústria ao site Digitimes, que publicou no dia  (04/07) informações referentes aos novos computadores da companhia.

A empresa vai dar início a uma produção em massa dos novos PCs agora em julho para poder lançar os dispositivos em outubro, mesmo mês em que são esperados o novo iPhone e uma versão mini do iPad, de acordo com alguns rumores. Todos esses aparelhos, incluindo o iMac, farão parte de um plano de expansão do Retina Display, que deve ser incorporado aos gadgets de agora e do futuro.

A Apple traçou esse objetivo na esperança de superar seus concorrentes em termos de resolução de tela, já que a maioria dos notebooks, PCs e tablets de outras fabricantes adotam visores Full HD. Uma vez que só a Apple tenha produtos capazes de suportar a Retina Display, isso seria um grande diferencial para a empresa.

Via: Olhar Digital