Divulgação

Páginas como YouTube, eBay e Amazon tiveram o acesso bloqueado em bases militares para que toda a banda seja voltada para os resgates

Militares norte-americanos bloquearam o acesso a uma série de websites populares entre os soldados para garantir que toda a banda larga fosse utilizada para o resgate de vítimas dos terremotos e tsunamis que assolaram o Japão nesta semana.

Segundo informações recebidas pela CNN e confirmadas pelo Comando de Estratégia dos Estados Unidos, sites como o YouTube, eBay, MTV, Amazon e ESPN foram bloqueados não pelo conteúdo, mas por “gastarem” muita banda entre os computadores militares.

O bloqueio foi instituído na última segunda-feira (14/3), após os Estados Unidos enviarem auxílio militar para colaborar com os resgates no Japão.

“Esse bloqueio é temporário e pode variar conforme a necessidade”, dizia a mensagem distribuída para os militares na segunda-feira. Um total de 13 sites foram bloqueados.

 

Fonte: OlharDigital