Categorias
Vídeos

YouTube lança serviço de TV por assinatura

As operadoras de TV a cabo que se cuidem, pois um concorrente de peso acaba de chegar ao mercado: o Google lançou nesta quarta-feira (5) o YouTube TV, um serviço de TV por assinatura pela internet que inclui a programação completa de algumas das principais emissoras americanas de televisão.

Por enquanto, a novidade está disponível apenas em cinco regiões metropolitanas dos Estados Unidos, sendo elas Nova York, Los Angeles, São Francisco, Filadélfia e Chicago. As assinaturas e custam a partir de US$ 35 mensais no pacote básico, que dá acesso a 40 canais – o usuário ainda pode adicionar outros dois canais, que são pagos à parte -, e podem chegar a US$ 61 na versão completa. Novos assinantes terão um mês gratuito de utilização da plataforma, assim como acontece com novos membros da Netflix.

Tudo é feito via streaming em qualquer dispositivo, desde computadores e Smart TVs a tablets e smartphones, e o conteúdo pode ser gravado na nuvem caso o usuário queira assistir posteriormente. Além disso, uma mesma conta pode abrigar até seis perfis, também semelhante ao método adotado pela Netflix, permitindo que cada pessoa guarde suas preferências.

“Lembra de quando a gente costumava pagar US$ 100 por tudo isso? Lembra quando só podíamos assistir TV ao vivo aqui?”, cutuca o vídeo de anúncio do YouTube TV ao apontar para um televisor. No catálogo de emissoras parceiras estão empresas como ABC, CBS, Fox, NBC, ESPN, Syfy, Disney e CW. Canais como o Fox Soccer Plus e o Showtime entram na categoria de canais que podem ser adquiridos separadamente por um preço adicional.

Ainda não há previsão de lançamento do YouTube TV em outros países.

Via Canaltech

Categorias
Promova Seu Site

6 dicas rápidas para divulgar o seu site

Confira essas 6 dicas rápidas que separamos para ajudar você a divulgar o seu site.

1 – Mostre o seu site

As pessoas antes de comprar um produto ou contratar um serviço procuram a sua empresa na internet, por isso facilite a vida dos seus possíveis clientes. Coloque o link do seu site nos seus matérias impressos como cartão de visita (no seu carão é imprescindível), na fachada da loja, em um folheto, anuncio em revista ou jornal. Toda comunicação complementa a outra.

2 – Cadastre em guias online

Existem diversos guias na internet da sua cidade ou bairro. Esses guias são interessantes pois aparecem sempre nas primeiras pesquisas do Google, portanto aproveite o anuncio gratuito (ou pago) destes sites e cadastre a sua empresa.

3 – Integração com as redes sociais

Sua empresa já tem Facebook? O Facebook não exclui o site e o site não excluir o Facebook. Eles são ferramentas complementares de divulgação. O Facebook é usado para se relacionar com as pessoas e com seus clientes. Já o site é a representação do seu negócio, tem todas as informações relevantes e passa profissionalismo. Inclua o seu site em todas as suas redes sociais (facebook, twitter, instagram, youtube etc), e não deixe de colocar as duas redes sociais no seu site também.

4 – Assinatura de e-mail

Você manda diversos emails por dia para clientes, possíveis clientes, fornecedores e parceiros. Coloque em sua assinatura de e-mail o link do seu site, assim toda vez que você mandar um e-mail estará divulgando a sua empresa.

5 – Email marketing

Comece pelo básico.
Envie emails sobre o seu serviço/produto ou promoção para a sua lista de clientes.
Mas lembre-se, você deve enviar e-mail apenas para pessoas que autorizaram o recebimento, desta forma você terá mais chance de vendas, pois as pessoas conhecem o seu trabalho. Além do mais, a prática de spam é proibida e não compensa para você e nem para quem receber.

6 – Sites de perguntas e respostas

Existem vários sites de perguntas e respostas como o Yahoo respostas onde existem pessoas com diversas dúvidas. Entre nesses fóruns e responda as perguntas nas quais você tem conhecimento e são pertinentes ao seu negócio e sempre insira o link do seu site. Assim você ajuda as pessoas e ainda divulga o seu trabalho. 

Dicas Extras

Dica Extra 1:

Lembre-se que o conteúdo do seu site deve estar bem escrito, com fácil entendimento. Suas fotos devem estar com ótima qualidade, e nada de deixar o seu site com muitas cores, isso pode atrapalhar a leitura e o entendimento.

Dica Extra 2:

Os sites que são adaptados para celular e tabletes tem mais chances de visitas, pois 60% das pesquisas na internet já vem de dispositivos móveis. Se você tem um site no ME Online não se preocupe, o seu site já está adaptado para receber essas visitas.

Aproveite, crie seu site no ME Online e tenha um site profissional.


Quer criar um site? Comece agora!

[contact-form-7 id=”319″ title=”Crie um site”]


Criar site com domínio Grátis

Categorias
Vídeos

YouTube oferecerá vídeos offline e o fim das propagandas

Em breve você não precisará mais assistir aos comerciais que rodam antes de cada vídeo do YouTube — se estiver disposto a pagar um preço. O Google retende lançar um serviço de assinatura para o YouTube que remove os comerciais e oferece conteúdo exclusivo, ainda este ano.

Os planos ainda não são públicos, mas o Bloomberg teve acesso a um e-mail enviado pelo Google aos youtubers que descreve os planos. O serviço oferecerá todo o conteúdo já disponível sem as propagandas, além da possibilidade de ver vídeos offline. O The Verge suspeita que a assinatura possa incluir acesso (ou descontos) a outros serviços pagos do canal, como o serviço de música do YouTube, o YouTube Music Key Beta, e o canal de programação infantil, o YouTube Kids.

Mas estas facilidades, obviamente, não serão de graça — o YouTube premium ainda não tem um nome e também não foi determinado o valor da mensalidade do serviço. Acredita-se, no entanto, que ele deva ficar por volta dos US$ 10 ao mês. Ainda de acordo com o e-mail, o criadores de conteúdo da rede também poderão oferecer vídeos exclusivos aos assinantes do YouTube — um incentivo à criação de mais conteúdo e à assinatura do serviço.

Além disso, a assinatura oferecerá aos grandes criadores uma nova maneira de ganhar dinheiro: o YouTube continuará a receber 45% da receita gerada pelas propagandas, mas uma parte do valor pago pelos assinantes será distribuída entre os criadores — o valor, no entanto, será proporcional ao tempo que os espectadores gastam em no canal.

Com a novidade, o Google colocará o YouTube mais próximo de outros serviços pagos de streaming, como o Netflix, Hulu, Amazon e o HBO Now. Ótimo por um lado, pois teremos conteúdo mais variado e de maior qualidade; péssimo por outro, pois que bolso que vai ter dinheiro para pagar assinatura de cada uma desses serviços? Sem contar os de música, que já pagamos.

Via Giz Modo Brasil

Categorias
Vídeos

YouTube testa recurso que permite fazer doações para canais

Famoso em sites como IndieGoGo e Kickstarter, o conceito de crowdfunding está chegando ao YouTube.

A maior página de vídeos online do mundo começou a testar oficialmente nesta semana o chamado “Fan Funding”, ou Financiamento pelos Fãs, recurso que irá permitir que os usuários enviem doações em dinheiro para os donos de canais da plataforma e, assim, ajudá-los a manter suas respectivas produções. As informações são do Digital Trends.

O crowdfunding é um termo internacional que ganhou força na internet nos últimos cinco anos. A ideia é que o criador de um determinado projeto consiga ajuda coletiva de outras pessoas através de doações na web, uma vez que muitos profissionais não têm o capital de grandes empresas. Pode ser desde um gadget até ao financiamento de shows, discos e outros produtos ou conceitos mirabolantes.

No caso do YouTube, os valores doados aos vloggers não são reembolsados pelo Google – em campanhas tradicionais de crowdfunding, os doadores geralmente ganham acesso antecipado ao projeto que ajudaram a financiar ou algum outro benefício. “O Financiamento pelos fãs é uma nova forma de efetuar pagamentos voluntários de modo a apoiar os seus criadores favoritos do YouTube”, diz a empresa na página oficial de suporte do site.

Veja a matéria completa:

Categorias
Google

Google deixa YouTube com visual retrô

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

Na quarta-feira, 24, o YouTube anunciou que promoverá a Geek Week, uma semana voltada ao conteúdo nerd.

Para antecipar o evento, a rede social começou a lançar alguns “Easter Eggs”, as famosas brincadeiras escondidas dentro do serviço.

O primeiro deles foi divulgado nesta quinta. Um tweet desafia o usuário a decodificar a sequência “53 65 61 72 63 68 20 59 6f 75 54 75 62 65 20 66 6f 72 20 2f 20 67 65 65 6b 77 65 65 6b”.

O número leva à mensagem “/ geekweek” que, se digitada desse jeito (com o espaço mesmo) no campo de buscas, mostra o site em ASCII, como se estivesse rodando em DOS.

Bacana, né? Vale ficar de olho para ver quais serão as próximas pegadinhas que a companhia deve soltar.


Geek Week

As comemorações serão iniciadas no dia 4 de agosto. Nesse período o site promete veicular conteúdos inéditos e colaborações “épicas” de mais de 100 canais diferentes.

“Nunca existiu uma época melhor para ser geek. De ‘Game of Thrones e “The Big Bang Theory” a “Os Vingadaors”, a cultura geek está em todos os lugares, atraindo e conectando audiências expandidas. A atual obsessão com todas as coisas geeks se espalhou na comunidade global do YouTube, permitindo fãs ao redor do mundo expressarem seu amor por superheróis, quadrinhos, jogos, ciência e ficção científica”, diz o YouTube em seu blog.

Via: Olhar Digital 

Categorias
Google

YouTube terá canais pagos em breve, diz jornal britânico

Google Imagens
Google Imagens

Google deve propor esta semana cobrança sobre 50 canais

Especulada há meses, a cobrança pela visualização de conteúdos específicos no YouTube deve finalmente entrar em vigor em breve, segundo o jornal britânico Financial Times.

As informações divulgadas hoje dizem que o Google proporá ainda esta semana que os internautas paguem US$ 2 mensais para assistir a cada um dos 50 canais escolhidos para entrar no esquema de assinatura.

A medida tem dois objetivos claros: estimular a produção independente de produtoras e emissoras de TV, como programas e shows, e impulsionar os ganhos do YouTube, alvo de interesse do Google há anos.

Embora tenha crescido rapidamente, o faturamento do site é irrisório se comparado ao das TVs. A verba publicitária destinada ao vídeo online atingirá US$ 4.1 bilhões este ano, segundo eMarketer, com participação de apenas 2,4% sobre o total investido em mídia no mundo.

A cobrança por conteúdo poderá elevar significativamente o ganho do YouTube. Em 2013 o site deve faturar US$ 2 bilhões, número que pode crescer para expressivos US$ 15 bilhões nos próximos anos, de acordo com a consultoria Bernstein Research, caso a estratégia dê certo.

Ao Financial Times, o YouTube diz que “não tem nada para anunciar”. No entanto, admite planejar formas de assinatura que garantam conteúdo de qualidade aos usuários aliado a boas cifras.

Via: Olhar Digital 

Categorias
Curiosidades

YouTube reformula layout

youtube
Google Imagens

Canais agora têm nova capa e trailer próprio

O YouTube reformulou o layout dos canais de vídeo. A partir de agora, os usuários podem personalizar suas páginas, criando capas, destacando um vídeo de apresentação e organizando a disposição do resto de seu conteúdo.

A novidade, batizada de “OneChannel”, já estava em testes desde o último mês, mas ficou aberta para todos nesta sexta-feira, 8.

De acordo com o Google, a ideia é melhorar a experiência em monitores de todos os tamanhos e em diferentes navegadores.

Além disso há mais integração ao Google+. A capa do usuário, por exemplo, pode ser linkada diretamente para sua rede social.

E aí? Curtiram? Veja mais detalhes no vídeo ou na página do YouTube.

Vi: Olhar Digital

Categorias
Curiosidades

Vídeo `slow motion` de cães bomba no YouTube

Imagem Divulgação

Um vídeo com 3 cachorros pulando e brincando numa piscina se tornou um dos mais assistidos do YouTube nos últimos dias. E chamou a atenção do público não pela diversão dos animais, mas pelo jeito que foi feito.

O diretor do filminho, o cineasta Devin Graham, usou as câmeras especiais FastCAM e Phanton Miro M320S para capturar as cenas. Os equipamentos são sofisticados e capazes de registrar cenas com cerca de mil quadros por segundo. O resultado foi um vídeo dos cachorros em slow motion (câmera lenta) de alta definição.

O vídeo – chamado Dogs in Slow Motion – acaba revelando detalhes surpreendentes dos movimentos dos cachorros, como o olhar fixo deles para abocanhar as bolinhas debaixo da água e o movimento da arcada dentária. E o motivo das lentes focarem as abocanhadas dos cachorros não é à toa. O vídeo faz parte de um comercial feito para uma empresa de produtos de limpeza bucal.

Veja  abaixo o vídeo:

Via: Info 

Categorias
Google

Eric Schmidt, do Google, dança Gangnam Style com Psy

Imagem Divulgação

O ex-CEO e atual membro do conselho do Google, Eric Schmidt, realizou uma tarefa inusitada para sua carreira de executivo: dançou alguns passos da música “Gagnam Style” ao lado de seu autor, o músico sul-coreano Psy.

O encontro aconteceu em Seul, capital da Coreia do Sul, onde Schmidt faz o lançamento do tablet do Google, o Nexus 7.

Em nota, o Google informou que Psy foi visitar o executivo no escritório da empresa. Schimdt pediu então para que o rapper ensinasse a ele o “passo do cavalo”. Em troca, deu a Psy um quadro com o doodle da empresa.

Na semana passada, “Gangnam Style” se tornou o vídeo mais curtido do YouTube, com mais de 2,1 milhões de votos positivos.

Publicado no último dia 15 de julho, o clipe já foi visto mais de 229 milhões de vezes no YouTube – o que o coloca entre os 30 mais vistos de todos os tempos.

“Gangnam Style” é uma referência ao bairro capitalista de mesmo nome localizado ao sul de Seul, endereço de empresas como Samsung, Hyundai e LG.

Convidar celebridades é uma prática comum das empresas de tecnologia a fim de promover o lançamento de seus produtos. No começo do mês, a banda Foo Fighters participou do lançamento do iPhone 5, da Apple.

Por aqui, as operadoras costumam convidar atores, cantores e celebridades a cada lançamento do gadget. Em troca, eles voltam para casa com um aparelho novo.

Imagem Divulgação

Via: Info