Categorias
Notícias

Flipboard ganha versão para navegadores

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

Agregador de notícias passou anos exclusivo para dispositivos móveis

A partir de hoje, as revistas digitais criadas por usuários do Flipboard passam a estar disponíveis também através dos navegadores. Assim, o serviço chega à web tradicional, após três anos rodando apenas em tablets e, mais tarde, em smartphones.

O Flipboard surgiu em 2010 como um agregador de notícias para iPad. Tempos depois o serviço se expandiu para telefones com Android e iOS e, neste ano, passou a permitir que os próprios usuários criem revistas com o que quiserem.

Agora, sempre que um usuário compartilhar suas revistas via e-mail ou redes sociais, quem clicar no link poderá conferir o material pelo navegador, sem precisar do aplicativo instalado. Veja um exemplo.

Junto com o lançamento, o Flipboard também estreia sua investida em conteúdo original. Trata-se da seção “Grandes Ideias”, que começa com uma entrevista com Larry King.

O Flipboard conta atualmente com 75 milhões de usuários, segundo o Mashable, sendo que em março havia 50 milhões.

Via: Olhar Digital 

Categorias
Internet

Tumblr coloca propaganda em seus aplicativos

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

O Tumblr anunciou nesta segunda-feira, 21, que a partir de agora quem quiser usar seus aplicativos para dispositivos móveis terá de pagar. Mas ninguém colocará a mão no bolso, o pagamento virá em forma de publicidade.

Ao invés de banners – como os que permeiam jogos gratuitos -, o Tumblr adotou o sistema de postagens patrocinadas, assim como fazem Twitter e Facebook. Desta forma, o usuário se depara com publicações que não pediu para ver, mas que foram pagas para estarem ali.

Em e-mail visto pelo Mashable, o Tumblr promete tentar não ser intrusivo, mostrando não mais que quatro posts patrocinados por dia a cada usuário. Essas mensagens virão identificados com um cifrão ($) animado e podem ser “curtidas” ou “reblogadas”.

Seis empresas já estão participando da nova modalidade, entre elas ABC Entertainment e ABC Family, GE, Pepsi e Warner Bros.

Via: Olhar Digital 

Categorias
Apple

iPad mini chega até outubro por US$ 300, diz analista

Modelo menor do tablet chegará em duas versões com capacidades de armazenamento de 8 GB e 16 GB

Outubro está chegando e com ele vem a promessa de mais um anúncio anual revolucionário da Apple. Além do novo iPhone, analistas acreditam que a empresa fará o lançamento de um iPad Mini, segundo informações do site Mashable.

Para Andy Hargreaves, da Pacifc Crest, a Apple estaria se preparando para lançar um modelo menor do atual iPad. O tablet viria equipado com uma tela de 7,85 polegadas e em duas versões com capacidades de armazenamento distintas, sendo elas de 8 GB, com preço sugerido de US$ 300, e 16 GB, que deve ser vendida por US$ 400.

Hargreaves também afirma que o lançamento do iPad Mini causaria o “roubo” de boa parte das vendas do iPad tradicional (25%) e que 10 milhões de aparelhos serão vendidos em apenas três meses, caso o produto seja anunciado em outubro. “Estimamos que a Apple irá vender 10 milhões de iPads Mini até dezembro deste ano e um total de mais de 35 milhões de unidades ao longo de 2013”, declarou.

Vale lembrar que em maio deste ano, o site iMore garantiu que a Apple vai lançar uma versão menor do iPad em outubro. Segundo eles, o que impedia esse lançamento era Steve Jobs, que sempre se mostrou contra a criação de um tablet menor do que o comercializado atualmente. Agora, com Tim Cook no comando, o CEO pode ter uma visão mais corporativa do tal dispositivo e anunciar as vendas do produto.

Via Olhar Digital

Categorias
Tablet

Kindle Fire 2 chega no começo de agosto pelos mesmos US$ 199

Imagem Divulgação

A Amazon deve atualizar a sua linha de tablets já em agosto com o lançamento do Kindle Fire 2 com tela de 7 polegadas, segundo o Mashable.

Parceiros da Amazon no Sudeste Asiático afirmam que o novo tablet da empresa deve ser lançado no dia 7 de agosto e pode custar os mesmos US$ 199 da primeira versão. Também é possível que a empresa disponibilize até o fim do ano dispositivos com tela de 8,9 polegadas e 10 polegadas.

Pouco se sabe sobre o hardware do novo Kindle Fire 2, mas é esperado que ele seja consideravelmente mais poderoso do que o primeiro, que parecia um e-reader mais potente.

A Amazon agora deve ter dois fortes competidores com dispositivos com preço similar: o Nexus 7, do Google, que custará os mesmos US$ 199, e o possível iPad Mini, com tela de 7 polegadas, que pode sair por US$ 300.

O e-reader Kindle deve chegar ao Brasil até o fim do ano. A Amazon iniciará suas operações no país no segundo semestre e espera colocar o leitor de livros digitais no mercado nacional por cerca de R$ 500.

Via: Olhar Digital

Categorias
Tablet

Primeiras impressões do Surface, o novo tablet da Microsoft

Imagem Divulgação

Empresa deixou alguns jornalistas observarem de perto os tablets, mas ofereceu poucas informações sobre os dispositivos

Pouco depois de anunciar o Surface, a Microsoft permitiu que alguns veículos observassem de perto o dispositivo, mas o teste foi bastante restrito, ninguém conseguiu usar efetivamente o tablet, apenas olhar alguns dos seus recursos.

A versão RT é bastante leve – 676 gramas – mas é um pouco mais pesada do que o novo iPad (que pesa 650 gramas). Já a versão Pro é consideravelmente mais pesada – 903 gramas.

O Kickstand, o apoio para manter o tablet de pé que vem junto com o aparelho, dividiu opiniões. Para a CNET, ele é bem integrado ao dispositivo e bastante útil. Já o Mashable não gostou muito e considerou pouco intuitivo, já que abertura não é muito fácil de se encontrar. O site relata que os jornalistas que puderam testar o dispositivo não conseguiram encontrar a abertura nem na primeira nem na segunda tentativa e os funcionários da Microsoft tiveram que ajudá-los a descobrir como funcionava.

A Touch Cover – a capa protetora que também funciona como um teclado físico – se mostrou bastante competente. O Mashable destacou que foi uma “ideia fabulosa”, já que é preciso fazer pressão nas teclas para o teclado detectar o que está sendo digitado, o que ajuda a evitar palavras sendo escritas acidentalmente ao encostar no acessório.

A CNET também elogiou o teclado. O site lembrou que ninguém gosta de digitar por muito tempo na tela de um tablet. Já o TechCrunch destacou que a capa não se dobra com facilidade, o que facilita a digitação.

O Type Pad não foi disponibilizado para testes e a visualização do tablet ligado foi bastante restrita. Na última parte da apresentação para os jornalistas, o Engadget afirmou que a tela (10,6 polegadas widescreen 16:9) é bastante visível de diversos ângulos, o que ajuda na hora de assistir um filme com o Kickstand aberto.

Apesar de disponibilizar os aparelhos, a Microsoft ainda deixou muitos mistérios a respeito dos seus tablets. Ela não mostrou, por exemplo, a integração com o Xbox através do SmartGlass, nem a duração da bateria dos dispositivos.

O Surface será lançado ainda este ano ano. O RT sai junto com o Windows 8, enquanto o Pro sairá cerca de três meses depois. O tablet terá um preço “compatível com o mercado”, segundo a Microsoft.

Via: Olhar Digital