Apple trabalha em tecnologia capaz de analisar sangue dos usuários

apple logo

Não é só o Google que tenta entrar na área da tecnologia vestível para monitoramento da saúde, com suas lentes de contato inteligentes. Uma rival de peso também estaria prestes a concorrer nesta área e o nome desta empresa é Apple, que está contratando especialistas em tecnologia médica para supostamente aplicar seus conhecimentos no tão especulado “iWatch”, o relógio de pulso inteligente.

Para avançar neste campo, foram contratados Nancy Dougherty, de uma startup chamada Sano Intelligente, e Ravi Narasimhan, de uma empresa chamada Vital Connect, que produz dispositivos médicos.

Nancy Dougherty era responsável por um produto ainda não lançado em sua antiga empregadora, capaz de analisar o sangue do seu usuário, sem precisar espetar uma agulha. Trata-se de uma espécie de adesivo áspero, que lê os níveis de glicose nos vasos sangúineos e pode ser muito útil para pessoas com diabetes que não pretendem furar seu dedo múltiplas vezes ao dia.

Comparando com a proposta do Google de implantar uma tecnologia semelhante no olho do usuário com a lente de contato inteligente, a Apple deve sair na frente. Isso porque provavelmente a implantação de um hardware no olho de uma pessoa deve requerer muitas regulamentações, o que não deve sair rápido.

Já Narasimhan gerenciava equipes que desenvolviam biosensores, capazes de contar o número de passos do usuário, medir temperatura da pele e taxa de respiração e seria capaz de detectar quedas. A tecnologia seria útil para alertar familiares de pessoas idosas e também chamar ambulância automaticamente em caso de emergência.

Via Olhar Digital