Categorias
Dicas para Pequenos Negócios

Porque criar uma logomarca para a sua empresa

Nossa dica de hoje explica porque criar uma logomarca para a sua empresa

A Logomarca é um dos elementos indispensáveis para memorização do nome de uma empresa. É fundamental a fixação da marca na mente do consumidor e a memorização de sua aparência visual, torna-se a identidade da empresa, e é rapidamente associada ao seu nome como no passarinho do Twitter, na maça da Apple ou no M do McDonalds.

Quais as cores que devo utilizar?

As cores são fundamentais para o público que você quer atingir, portanto, você deve ter claro quais são seus diferenciais e como você quer se apresentar ao mercado para que isso possa ser traduzido na sua logo. Veja abaixo a tabela de cores para cada objetivo:

cores logomarca

Ok, quero fazer, mas por onde eu começo?

Para que todas as suas ideias do logotipo sejam bem recebidas pelo seu público, é bacana que você escolha uma empresa que trabalhe com design ou um profissional para fazê-lo. Se você não conhece ninguém ou não tem verba suficiente para criar seu logotipo com uma agência, você poderá utilizar serviços online, como o ME Online. Veja como funciona:

  1. Você fornece algumas informações e detalhes que gostaria que seu logotipo tenha.
  2. Nossa equipe vai enviar algumas opções com base nos destalhes que enviou.
  3. Após isso você receberá a arte em formato aberto, pronta para ser utilizada nos mais diversos meios (site, rede social, folder, cartão de visita, outdoor, etc).

Eu devo ter um slogan?

O Slogan sempre acompanha a logomarca da empresa e o mais importante, deve ser de fácil assimilação. A vantagem de ter um Slogan é apresentar-se na mídia fixando uma frase com objetivo de ganhar força no mercado, como a ARNO – “Você Imagina, Clic, a Arno Faz” ou a CAIXA – “Vem para Caixa Você Também” ou o mais conhecido entre os slogans, “Dedicação Total a Você” – Casas Bahia.

Bons Negócios! 🙂


Quer criar um logo ou site? Comece agora!

[contact-form-7 id=”319″ title=”Crie um site”]


Criar site com domínio Grátis

Categorias
Internet

O uso da newsletter na construção da marca

O estudo da Serasa Experian sobre a Performance nos Canais Digitais apontou que nove em cada dez empresas usam o e-mail marketing como forma de comunicação.

Quando falamos em e-mail marketing, logo vêm à cabeça mensagens de ofertas e promoções de e-commerce. Porém, o canal representa muito mais que isso e é essencial, principalmente, na geração de valor.

Confira abaixo algumas dicas de como esse boletim informativo pode auxiliar empresas, inclusive lojas virtuais, a fomentar e fidelizar sua marca junto ao cliente:

O valor da comunicação

A newsletter, quando efetivamente planejada, tem um tremendo potencial para desencadear o compartilhamento de informações em torno da base de consumidores.

É também a maneira mais prática de se manter em dia com os clientes, evitando que percam algum tema de importância que esteve presente nos últimos anúncios, lançamentos e promoções.

Periodicidade e conteúdo

É preciso considerar a frequência e o que você quer promover. Essas mensagens podem ter atualizações diárias, semanais e até mesmo mensais.

Os temas podem ser desde apresentações de novos serviços até quaisquer assuntos relacionados à marca.

É possível avaliar, a partir dos relatórios da ferramenta de disparo de e-mail marketing, o que seus assinantes mais gostariam de ler e, assim, determinar quais tópicos devem ser cobertos.

Palavras-chave no assunto

O apelo principal de um boletim informativo está enraizado em sua capacidade de sugerir exclusividade.

Empregar esta estratégia ao elaborar o assunto da mensagem pode ser determinante.

Por exemplo, as melhores taxas de abertura foram encontradas para as linhas de assunto que incluíram as palavras “VIP” (taxa única de abertura de 25,8%*) e “você” ou “seu” (taxa de abertura única de 20,9%*).

Use imagens e gráficos

Só porque é um boletim informativo, não significa que ele tem de ser um texto pesado. Newsletters com imagens ou gráficos tiveram taxas de clique originais 60%* maiores do que aquelas com apenas texto.

Via: Blog do E-commerce

Categorias
Facebook

Dicas para alavancar sua marca no Facebook

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

Saiba qual conteúdo é mais adequado para cada perfil de usuário

Um estudo recente sobre perfis de usuários do Facebook realizado pela agência Gauge revela qual é o conteúdo certo para os diferentes perfis encontrados na rede social.

O Conteúdo Informativo é mais voltado aos jovens de 25 a 35 anos e abordam assuntos que não precisam estar ligados à marca de maneira direta. Os temas devem captar diferentes características do universo no qual a empresa está inserida.

Os posts precisam ser rápidos, porém, informativo, e agregar valor ao cotidiano do usuário. Marcas já consolidadas no ambiente online ou que estão crescendo neste cenário podem se aproveitar deste tipo de conceito.

Já o Conteúdo de Humor e Diversão é voltado ao público de 18 a 28 anos. O gênero humorístico pode utilizar situações cotidianas ou acontecimentos passados. Neste último caso, no entanto, é preciso abordar temas coerentes com a faixa etária do público-alvo para ativar a lembrança dos usuários.

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

Humor de Lembrança

Ainda neste grupo, a agência dividiu o conteúdo em mais duas frentes: Humor Liberal e Consciente. O primeiro se concentra em jovens com idade entre 18 a 23 anos, que têm como principal característica a falta de critério ao curtir uma página. Este humor é mais escrachado e pode usar diferentes situações que não estejam relacionadas à marca, seus produtos ou universo. Ou seja, qualquer assunto pode virar uma piada.

 

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

Humor Liberal

Já o Humor Consciente é voltado ao público mais velho, de 26 a 35 anos, e deve misturar informação com diversão. Da mesma forma que o Conteúdo Informativo, os temas devem estar ligados à marca e o mais importante: não ser apelativo.

Quais marcas devem usar o humor? Empresas que produzem produtos que proporcionem diversão e entretenimento no ambiente digital e real, como cervejas, chocolates, bebidas alcoólicas e não alcoólicas.

No Conteúdo Institucional, mais explorado por usuários de 26 anos ou mais, o principal tema é a organização da empresa. Três assuntos são essenciais: História da Marca, Reputação e Imagem, e Conteúdo Administrativo.

A História da Marca (36 anos ou mais) funciona de forma nostálgica e leva informações aos internautas para que eles se sintam mais próximos da companhia. Enquanto que o conteúdo de reputação e imagem (26 anos ou mais) deve agregar valor à companhia, como sustentabilidade ou responsabilidade socioempresarial. Por fim, o Conteúdo Administrativo (26 anos ou mais) informa mudanças dentro da empresa que proporcionarão algum tipo de benefício ou consequência ao consumidor.

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

História da Marca

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

Conteúdo Administrativo

A pesquisa ainda mostra que quando o conteúdo a ser explorado são Produtos, Promoções ou Sorteios, os internautas de 26 anos ou mais são os que mais se identificam com os temas. 80% do público curte uma página para participar de promoções ou ter acesso às novidades sobre produtos que o beneficiem de alguma forma. A pesquisa alerta para o excesso deste tipo de conteúdo. O abuso de promoções e sorteios pode atrair o “curtidor interesseiro” e não o fiel.

Imagem Divulgação
Imagem Divulgação

Está sem tempo para atualizar as informações das duas redes sociais? Entre em contato conosco e veja como a Lemonblue pode te ajudar.

Via: Olhar Digital