YouTube oferecerá vídeos offline e o fim das propagandas

Em breve você não precisará mais assistir aos comerciais que rodam antes de cada vídeo do YouTube — se estiver disposto a pagar um preço. O Google retende lançar um serviço de assinatura para o YouTube que remove os comerciais e oferece conteúdo exclusivo, ainda este ano.

Os planos ainda não são públicos, mas o Bloomberg teve acesso a um e-mail enviado pelo Google aos youtubers que descreve os planos. O serviço oferecerá todo o conteúdo já disponível sem as propagandas, além da possibilidade de ver vídeos offline. O The Verge suspeita que a assinatura possa incluir acesso (ou descontos) a outros serviços pagos do canal, como o serviço de música do YouTube, o YouTube Music Key Beta, e o canal de programação infantil, o YouTube Kids.

Mas estas facilidades, obviamente, não serão de graça — o YouTube premium ainda não tem um nome e também não foi determinado o valor da mensalidade do serviço. Acredita-se, no entanto, que ele deva ficar por volta dos US$ 10 ao mês. Ainda de acordo com o e-mail, o criadores de conteúdo da rede também poderão oferecer vídeos exclusivos aos assinantes do YouTube — um incentivo à criação de mais conteúdo e à assinatura do serviço.

Além disso, a assinatura oferecerá aos grandes criadores uma nova maneira de ganhar dinheiro: o YouTube continuará a receber 45% da receita gerada pelas propagandas, mas uma parte do valor pago pelos assinantes será distribuída entre os criadores — o valor, no entanto, será proporcional ao tempo que os espectadores gastam em no canal.

Com a novidade, o Google colocará o YouTube mais próximo de outros serviços pagos de streaming, como o Netflix, Hulu, Amazon e o HBO Now. Ótimo por um lado, pois teremos conteúdo mais variado e de maior qualidade; péssimo por outro, pois que bolso que vai ter dinheiro para pagar assinatura de cada uma desses serviços? Sem contar os de música, que já pagamos.

Fonte: Giz Modo Brasil

Facebook lança versão web do Messenger

A partir desta quarta-feira (8/4), usuários do serviço de mensagens instantâneas do Facebook poderão conversar com seus contatos usando um computador, e sem a necessidade de entrar no site da rede social. Basta acessar o Messenger.com pelo navegador para utilizar o chat sem correr o risco de se distrair com as atualizações dos seus amigos no feed de notícias.

Por enquanto, a versão web do Messenger está disponível apenas em inglês, mas em breve deve ser expandida para outros idiomas. Para utilizar o novo recurso, o usuário precisa apenas entrar no site destinado ao serviço e realizar o login com a sua conta do Facebook.

O navegador vai puxar todo o histórico de conversas recentes e mostrá-lo em uma coluna lateral, bem parecido com o próprio Facebook. Ao selecionar um chat, ele se expande e domina grande parte da tela, facilitando a visualização e envio de imagens e outros arquivos. Também é possível realizar chamadas de voz ou vídeo clicando no ícone do telefone ou da filmadora no canto superior da janela – semelhante ao Hangouts, do Google.

Facebook Messenger Web

Facebook Messenger

No canto superior esquerdo, um botão no formato de engrenagem permite alterar as configurações do serviço, tais como notificações de som. Também é possível gerenciar sua lista de contatos bloqueados, mas este link o levará para a página inicial da rede social.

O movimento mostra que o Facebook está preparando seus usuários para a sua próxima integração com o Messenger Business, serviço que permite conversar diretamente com as lojas e empresas para esclarecer dúvidas sobre produtos, status de uma compra, ou até mesmo acompanhar a entrega de um pedido. A ideia é criar uma espécie de canal direto de comunicação e levar o atendimento ao cliente para outro nível.

Via Canaltech / TheNextWeb

Dicas de vídeo do Facebook

Gostaríamos de compartilhar algumas dicas para lhe ajudar a aproveitar seus anúncios de vídeo ao máximo.

Use essas dicas para o seu próximo anúncio de vídeo:

Prenda a atenção nos primeiros segundos do vídeo.

As pessoas podem ignorar seu vídeo no Facebook. Tente passar a mensagem de forma clara no início do vídeo para manter o interesse das pessoas.

Escolha uma miniatura descritiva e evite usar intertítulos.

Direcione uma imagem que prenda a atenção das pessoas e incentive-as a assistir ao seu vídeo. Logotipos ou intertítulos podem distrair as pessoas e fazer com elas ignorem o vídeo após alguns segundos.

Use um vídeo que funcione bem com ou sem som.

Mantenha as pessoas envolvidas, mesmo que o vídeo seja silencioso. Pense em usar uma sobreposição de texto que não precise de áudio.

Pense em adicionar uma chamada para ação aos seus anúncios de vídeo.

Use uma chamada para ação para convidar as pessoas a visitarem seu site ou sua Página do Facebook, onde elas vão poder assistir a mais vídeos ou cadastrarem-se para receber informações adicionais.

Via Facebook for Business

Google Store, a loja online do Google

O Google já possui uma loja na qual vende músicas, filmes, livros e aplicativos, a Google Play, e, a partir de hoje, a companhia conta também com uma loja própria para vender todos os dispositivos fabricados pela gigante da web. A Google Store é uma página onde estão a venda Chromebooks, smartphones e tablets Nexus, dispositivos Android Wear, Chromecast e muito mais.

A loja conta com diversos departamentos. Nas seções “Smartphones” e “Tablets”, apesar de serem nomeadas no plural, há apenas um modelo disponível em cada uma: Nexus 6 e Nexus 9, respectivamente. Na guia “Chromebooks” é possível ver diversos modelos do notebook do Google, inclusive o novo Pixel.

Em “TV e vídeo”, estão disponíveis os gadgets multimídias da empresa, como o Chromecast, o Nexus Player e o Gamepad, joystick para o Nexus Player. Na guia “Android Wear”, os consumidores encontrarão diversos relógios inteligentes que usam o sistema Android, como o Asus ZenWatch, o Motorola Moto 360 e o Sony SmartWatch 3, entre outros.

A guia “Nest” exibe dois gadgets do Google para residências, sendo eles um termostato inteligente e um alarme detector de fumaça. Por fim, há ainda a seção “Acessórios”, na qual estão à venda capas para tablets e smartphones, bem como acessórios para o Google Glass e docks para os aparelhos da companhia.

Disponível somente nos EUA

Atualmente disponível apenas nos Estados Unidos, a loja deve se expandir para outras localidades — pelo menos é o que indica a tradução completa da loja estadunidense para o português brasileiro e também um aviso de que ela “ainda não está disponível aqui”. Entretanto, é possível navegar por toda a loja dos EUA diretamente aqui do Brasil, mas nenhum dos produtos ainda está à venda.

Vale lembrar que o Google já possui uma loja para vender seus próprios produtos físicos, a Google Merchandise Store. A página, que pode ser acessada por meio deste link, vende produtos com a marca Google, como camisetas, cadeiras, mochilas, garrafas, chaveiros, blocos de nota, canetas, bolas, moletons e muito mais.

Matéria completa: http://canaltech.com.br/noticia/google/Google-lanca-loja-online-para-vender-Chromebooks-Nexus-e-outros-dispositivos/#ixzz3V41o5LBM

Empresa chinesa lança celular com tela inquebrável

A chinesa Desay acaba de lançar um smartphone com tela de safira, conhecida no mercado tecnológico por suas características de alta durabilidade. No vídeo promocional do aparelho, o Magical Mirror x5, o celular é colocado junto de um triturador de castanhas e continua intacto, ganhando notoriedade por ser “inquebrável”.

A Desay é especulada atualmente como uma das fornecedoras de bateria da Apple. Em 2014, a empresa da maçã planejava lançar os novos modelos de iPhone com safira por meio da GT Advanced Technologies. Contudo, os planos da empresa norte-americana mudaram e a tela de cristal não foi utilizada na sexta versão do iPhone.

Enquanto a Apple ainda estuda a viabilidade de utilizar de fato telas de safira em seus smartphones, existem outros aparelhos com a tecnologia disponíveis no mercado: o Brigadier, da Kyocera, e o Ascend P7, da Huawei.

Na esteira de seus concorrentes orientais, o Magical Mirror x5 é composto por uma tela de 5 polegadas, carro chefe do produto. Ainda é munido com um processador MediaTek quad-core, câmera de 13 MP – a frontal é de 5 MP – e mede 6,95 milímetros de espessura.

Na China, o telefone está disponível por US$ 160. Não se sabe ainda se a Desay irá fornecer displays de safira para outras marcas, incluindo a Apple.

Fonte: Olhar Digital

Microsoft passa a oferecer armazenamento ilimitado na nuvem

A Microsoft anunciou, nesta segunda-feira, 27, que os clientes do Office 365 não terão mais limites no OneDrive, serviço de armazenamento em nuvem da companhia.

A novidade começou a valer a partir de 27 de Outubro para os clientes dos pacotes familiar, pessoal e estudantil. Dentro dos próximos meses as demais modalidades também serão atualizadas, quem quiser entrar na fila para receber o espaço ilimitado precisa seguir os passos deste link.

Os clientes corporativos do OneDrive também terão um update no armazenamento. Eles serão contemplados no começo de 2015. Atualmente o serviço oferece 1 TB de espaço.

Fonte: Olhar Digital

As primeiras reuniões do Google

Um vídeo postado por Doug Edwards, diretor de Marketing de Consumo e Gestão de Marca do Google entre 1999 e 2005, mostra como eram as reuniões do Google nos começo da gigante da internet.

O vídeo mostra funcionários sentados no chão, em puffs e em bolas de borracha em um pequena sala em dezembro de 1999. Segundo Edwards, o vídeo mostra o TGIF, reunião semanal do Google com todos os funcionários, que na época eram menos de 60. O vídeo foi feito logo depois que Edwards entrou na empresa.

As imagens mostram o anúncio de novas contratações, uma apresentação do conselho de diretores da companhia e a celebração de um aniversário entre os funcionários.

Fonte: Google Discovery

Confira algumas dicas para aproveitar melhor o Google

Quem hoje em dia não usa o Google em algum momento no dia?

Seja no computador, no celular ou tablet (e para alguns afortunados o Google Glass 😀 ) o Google nos ajuda e muito. Com um sistema extremamente rápido e inteligente, muitas vezes é mais fácil achar alguma coisa no Google do que em nossos arquivos pessoais kkkk.

Pensando em aproveitar melhor o Google o site Tudo Interessante listou 17 dicas e truques que te ajudará a tirar melhor proveito do sistema de busca mais utilizado no mundo.

  1. Exclua um elemento da busca digitando o sinal de “menos” antes da palavra que queira excluir.
  2. Pesquise por palavras dentro de um site específico escrevendo “site:” seguido do endereço da página e da palavra a ser buscada
  3. Deixe a ferramenta de pesquisa fazer as contas por você; apenas insira a equação desejada
  4. Pesquise por palavras nos títulos das publicações escrevendo “intitle:” antes dos termos desejados
  5. Pesquise por GIFs na busca por imagens clicando em “mais ferramentas” e mudando o tipo de arquivo para “animação”
  6. Pesquise por um site que mencionou outro site em suas páginas escrevendo “link:” antes do endereço buscado
  7. Se você pesquisar por uma determinada data comemorativa, o Google mostrará em que dia ela será comemorada.
  8. Converta moedas e unidades de medida
  9. Esqueceu o nome ou um pedaço da letra da música? Digite um trecho da letra, colocando um asterisco nas palavras que você não sabe, seguido pelo nome do cantor e o Google fará o possível para encontrá-la. Esse mesmo tipo de pesquisa vale para achar citações famosas ou trechos de livros.
  10. Procure por palavras específicas dentro de arquivos como PowerPoint (ppt) Word (doc) e PDF digitando “filetype:” seguido pelo tipo do arquivo (extensão)

Veja mais dicas aqui

YouTube testa recurso que permite fazer doações para canais

como-ganhar-dinheiro-no-youtubeFamoso em sites como IndieGoGo e Kickstarter, o conceito de crowdfunding está chegando ao YouTube. A maior página de vídeos online do mundo começou a testar oficialmente nesta semana o chamado “Fan Funding”, ou Financiamento pelos Fãs, recurso que irá permitir que os usuários enviem doações em dinheiro para os donos de canais da plataforma e, assim, ajudá-los a manter suas respectivas produções. As informações são do Digital Trends.

O crowdfunding é um termo internacional que ganhou força na internet nos últimos cinco anos. A ideia é que o criador de um determinado projeto consiga ajuda coletiva de outras pessoas através de doações na web, uma vez que muitos profissionais não têm o capital de grandes empresas. Pode ser desde um gadget até ao financiamento de shows, discos e outros produtos ou conceitos mirabolantes.

No caso do YouTube, os valores doados aos vloggers não são reembolsados pelo Google – em campanhas tradicionais de crowdfunding, os doadores geralmente ganham acesso antecipado ao projeto que ajudaram a financiar ou algum outro benefício. “O Financiamento pelos fãs é uma nova forma de efetuar pagamentos voluntários de modo a apoiar os seus criadores favoritos do YouTube”, diz a empresa napágina oficial de suporte do site.

Veja a matéria completa: http://canaltech.com.br/noticia/youtube/YouTube-testa-recurso-que-permite-fazer-doacoes-para-canais/#ixzz3CRgRV56J